Domingo, 28 de Novembro de 2010

 

"E portanto, caros alunos, esta é a formula para compreender as mulheres."

publicado por Caramelo às 20:42

Sábado, 27 de Novembro de 2010

Alevantar
O acto de levantar com convicção, com o ar de 'a mim ninguém me come por parvo!
... alevantei-me e fui-me embora!'.

Amandar
O acto de atirar com força:
"O guarda-redes amandou a bola para bem longe"

Aspergic
Medicamento português que mistura Aspegic com Aspirina.

Assentar
O acto de sentar, só que com muita força, como fosse um tijolo a cair no cimento.

Capom
Tampa de motor de carros que quando se fecha faz POM!

Destrocar
Trocar várias vezes a mesma nota até ficarmos com a mesma.

Disvorciada
Mulher que se diz por aí que se vai divorciar.

É assim...
Talvez a maior evolução da língua portuguesa.
Termo que não quer dizer nada e não serve para nada.
Deve ser colocado no início de qualquer frase.
Muito utilizado por jornalistas e intelectuais.

Entropeçar
Tropeçar duas vezes seguidas.

Êros
Moeda alternativa ao Euro, adoptada por alguns portugueses.

Falastes, dissestes...
Articulação na 4ª pessoa do singular.
Ex.: eu falei, tu falaste, ele falou, TU FALASTES.

Fracturação

O resultado da soma do consumo de clientes em qualquer casa comercial.
Casa que não fractura... não predura.

Há-des
Verbo 'haver' na 2ª pessoa do singular:
"Eu hei-de cá vir um dia; tu há-des cá vir um dia..."

Inclusiver
Forma de expressar que percebemos de um assunto.
E digo mais: eu inclusiver acho esta palavra muita gira.
Também existe a variante "Inclusivel".


A forma mais prática de articular a palavra MEU e dar um ar afro à língua portuguesa, como "bué" ou "maning".
Ex.: Atão mô, tudo bem?

 

Nha
Assim como Mô, é a forma mais prática de articular a palavra MINHA.
Para quê perder tempo, não é?
Fica sempre bem dizer "Nha Mãe" e é uma poupança extraordinária.

Númaro
Também com a vertente "númbaro".
Já está na Assembleia da República uma proposta de lei para se deixar de utilizar a palavra NÚMERO, a qual está em claro desuso.
Por mim, acho um bom númaro!

Parteleira
Local ideal para guardar os livros de Protuguês do tempo da escola.

Perssunal
O contrário de amador.
Muito utilizado por jogadores de futebol.
Ex.: "Sou perssunal de futebol."
Dica: deve ser articulada de forma rápida.

Pitaxio
Aperitivo da classe do "mindoím".

Prontus
Usar o mais possível.
É só dar vontade e podemos sempre soltar um "prontus"!
Fica sempre bem.

Prutugal
País ao lado da Espanha. Não é a Francia.

Quaise
Também é uma palavra muito apreciada pelos nossos pseudo-intelectuais.
Ainda não percebi muito bem o que quer dizer, mas o problema deve ser meu.

Stander
Local de venda.
A forma mais famosa é, sem dúvida, o "stander" de automóveis.

"stander" é um dos grandes clássicos do "português da cromagem"...

Tipo
Juntamente com o "É assim", faz parte das grandes evoluções da língua portuguesa.
Também sem querer dizer nada, e não servindo para nada, pode ser usado quando se quiser, porque nunca está errado, nem certo.
É assim... tipo, tás a ver?

Treuze
Palavras para quê?

Todos nós conhecemos o númaro treuze.

 

 


publicado por Caramelo às 12:58

Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010

 

Numa manhã, a professora pergunta ao aluno:

- Diz-me lá quem escreveu 'Os Lusíadas'?

O aluno, a gaguejar, responde:

- Não sei, Sra. Professora, mas eu não fui.

E começa a chorar. A professora, furiosa, diz-lhe:

- Pois então, de tarde, quero falar com o teu pai.

Em conversa com o pai, a professora faz-lhe queixa:

- Não percebo o seu filho. Perguntei-lhe quem escreveu 'Os Lusíadas' e ele

respondeu-me que não sabia, que não foi ele...

Diz o pai:

- Bem, ele não costuma ser mentiroso, se diz que não foi ele, é porque não

foi. Já se fosse o irmão...

Irritada com tanta ignorância, a professora resolve ir para casa e, na

passagem pelo posto local da G.N.R., diz-lhe o comandante:

- Parece que o dia não lhe correu muito bem...

- Pois não, imagine que perguntei a um aluno quem escreveu 'Os Lusíadas'

respondeu-me que não sabia, que não foi ele, e começou a chorar.

O comandante do posto:

- Não se preocupe. Chamamos cá o miúdo, damos-lhe um 'aperto', vai ver que ele

confessa tudo!

Com os cabelos em pé, a professora chega a casa e encontra o marido sentado no

sofá, a ler o jornal. Pergunta-lhe este:

- Então o dia correu bem?

- Ora, deixa-me cá ver. Hoje perguntei a um aluno quem escreveu 'Os Lusíadas'.

Começou a gaguejar, que não sabia, que não tinha sido ele, e pôs-se a chorar.

O pai diz-me que ele não costuma ser mentiroso. O comandante da G.N.R. quer

chamá-lo e obrigá-lo a confessar. Que hei-de fazer a isto?

O marido, confortando-a:

- Olha, esquece. Janta, dorme e amanhã tudo se resolve. Vais ver que se calhar

foste tu e já não te lembras...!

publicado por Caramelo às 23:37

Terça-feira, 23 de Novembro de 2010

 

A CEE até nos manda dinheiro a mais para pagar as obras!

Já conhecem bem o nível de corrupção que reside por aqui, portanto há que contar também com esses valores.

Os corruptos portugueses agradecem.

publicado por Caramelo às 16:59

Nem mais!...

 

Como as coisas estão, temos de aproveitar tudo.

 

"ABAIXO O DESPERDÍCIO"

 

publicado por Caramelo às 16:50

mais sobre mim
Tantos?
Contador de visitas e acessos gratis
Atenção ás horas!
Novembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
13

14
15
16
17
18
20

21
22
25
26

29
30


Últ. comentários
Kkk muito bom bem assim.
Descreveu muito bem esse ritual vabeludo.kkkkkkk m...
Gente não pensei de rir tanto asaim 😂😂😂😂😂😂😂 com um...
Sou contra a depilação, eu por exemplo me sinto at...
KkkkkkkkkMorri de rir com essa história!!!Kkkkkk
Kkkkkkkkk dei muita risada lendo o texto!
SOCORROOO, PARA😹😹! Rindo litros!
Rindo até o próximo século rsrsrs é bem isso mesmo...
Eu fiz a mim mesma e jurei para nunca mais ...se t...
Realidade nua e crua.Parece a circuncisão dos jude...
subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro